Nos artigos passados nós, desdobramos o conceito de trindade em duas partes. Em primeiro lugar, ao afirmar que, é um mistério que não pode ser totalmente compreendido, porque Deus é infinito e não podemos percebê-Lo totalmente com nossas mentes finitas e em segundo lugar, falamos sobre como Deus revelou-se através de suas próprias criações em nuvens, fogo e homem, falamos sobre por que tinha de ser essas três criações baseadas em factos da história da criação e muito mais. Hoje iremos focar ilustrando uma declaração que foi feita nos artigos passados, “em todas as três criações em que Deus se revelou através, todos eles podem ser sub-classificados em três partes”. Por isso, é fundamental que um entendimento sobre as duas primeiras partes deste ensinamento ser lido e entendido de forma a compreender totalmente o que esta parte é tudo.

Como foi dito no passados artigos, só podemos explicar Deus com base nas revelações que Ele nos deu. O problema surge quando tentamos falar de Deus a mentes que não têm fé Nele, mentes que precisam de provas para acreditar, mentes que constantemente questionam sobre a Trindade e assim por diante. A razão para esta parte é dar respostas a essas mentes, especialmente quando buscam evidência para a Trindade. No evangelismo, eu vim a entender que na maioria das vezes, as pessoas que você encontra não são as pessoas que estão dispostos a ouvir versículos da Bíblia ou Jesus, as pessoas que encontramos tanto querem um milagre aqui e ali ou quer provas científicas de que você está dizendo. Tendo em provas científicas ou milagres não são difíceis para nós, como cristãos, para executar ou mostrar, Tudo posso naquele que me fortalece. (Filipenses 4:13). A razão deve se que alguns cristãos não chegaram a esse nível de vida nos reinos de possibilidades ilimitadas porque, eles ainda estão descobrindo sua identidade em Cristo, ou nem sequer sabem quem são em Cristo. Ao revelar a ciência através da lente da Bíblia, temos de ver o que a Bíblia diz sobre a natureza e ver o que a ciência diz sobre a natureza e ver onde eles se cruzam. Eu vim para o entendimento de que a ciência só tem ajudado a revelar Deus ou melhor, as obras de Deus, que tem ajudado no mostrando-nos o poder de Deus. É possível para a ciência trazer alguém para Deus. Acredito que muitas das pessoas foram levadas a Deus através da compreensão científica.

No artigo passado, foi estabelecido que a glória de Deus foi revelado na nuvem em vários capítulos e versículos da escritura, vamos olhar para a minha opinião pessoal de como eu ver a Deus através da lente das escrituras, os olhos da natureza e do telescópio da ciência. Eu reuni 17 pontos, que me ajudaram a entender a Trindade. É fundamental observar que estes não explica a Trindade, mas ajuda a compreender o conceito baseado em criações que Deus usado para mostrar a Sua glória, como discutido na segunda parte.

Água consistem em dois componentes, hidrogênio e oxigênio para formar H2O, não importa em que fase da água é, será sempre H2O, as pessoas perguntam se como as três podem se tornar um, mas aqui, temos água no líquido, gasoso e sólido, mas ainda tem H2 não estou dizendo aqui que Deus existe em fases, não! mas eu quero abrir nossas mentes para compreender que, se isso pode ser aceite, então por que não a Trindade ser?
As moléculas de água são dispostos em uma forma triangular, oxigenio a molécula maior prende as duas moléculas mais pequenas em conjunto, sem qualquer um destes estar juntos, não haverá água. Isso me faz lembrar da afirmação de Jesus em João 5:30, ele disse por si mesmo, nada pode fazer, Ele disse ainda que se você ter me visto que você já viu o Pai (João 14: 9), se voce já viu água líquida ou gelo, você não viu H20?
Água muda seus estados sob pressão e temperatura, Deus o Filho não foi revelado para a raça humana até o momento certo tinha chegado, o Espírito Santo não revelou-se ao homem até que o tipo certo de oração foi orada no quarto superior e em uma intensidade certa.
A água nunca é escapa da terra, assim como a energia, ele não é nem perdida ou destruída, mas reciclado. Isso me faz lembrar do Amor de Deus. A água salgada do mar, a água bebida pelos ricos, os pobres, os necessitados e assim por diante, a água do tanque séptico, para citar apenas alguns evaporam para o céu e cai como chuva e abençoa a todos nós, mas mesmo antes de bênção de chuva começar a todos nós, ainda assim nós estamos poluí-lo e impedi-lo de chegar a nós em seu estado mais puro com as nossas próprias contaminações das refinarias e assim por diante, é o mesmo com a graça que Deus nos deu, Jesus nos deu uma pista deste conceito em Mateus 5:45, que diz; para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos. verso muito interessante porque temos novamente luz e água.
Ciência-me ensinou me que um líquido toma a forma do recipiente, isto lembra-me de Jesus, que tomou a forma de homem, embora o que vimos foi o homem, no interior do recipiente era a glória de Deus. Lembre-se depois que ele morreu, duas substâncias saiu dele, sangue e água. João 19:34.
Ciência-me também ensinou me que um pouco de gás pode ocupar uma sala inteira e pode ser comprimido, por que então as pessoas sentem dificuldade em entender com o fato de que o Espírito Santo, que é Deus vive dentro de nós? Se pudermos ter o vapor que é o gás ocupam uma sala inteira e, ao mesmo tempo, ser comprimido, o que impede a Deus de habitação com nós e em nós. Lembre-se que Jesus disse, sobre o Espírito Santo, Ele disse; Ele habita convosco e estará em vós (João 14:17).
O Pai não cumprir sempre com o homem, o Filho não quer, mas em João 14:16, somos informados de que o Espírito Santo vai cumprir com a gente para sempre. Isso me lembra da última fase ou fase de vapor, gases têm mais liberdade de movimento do que a fase sólida e líquida. Quase parece que, a restrição em movimento é o tempo e o Espírito Santo habita com a gente da terra e até a eternidade.
A água dissolve todos os solventes, isso me lembra que qualquer problema que nós estamos enfrentando, em Cristo é dissolvido. João 7: 37 diz que, se alguém tem sede, venha a mim e beba, quando estiver com sede você tem um problema de sede e esse problema só pode ser dissolvido na água de Cristo.
A ciência nos ensina que, nas nuvens dos três estado da matéria existem, que é a água existe em seus três estados. Lembre-se de tudo o que foi dito sobre as nuvens na semana passada.
A ciência nos ensina que a luz visível pode ser dividido em três partes, o infravermelho, a luz visível e os raios ultraviolentos. Isso me faz lembrar do Pai, Filho e Espírito Santo.
Os raios infravermelhos me lembra do Espírito Santo; raios infravermelhos são quentes, lembre-se em Actos 2: 3, ele diz que havia E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.
A luz visível me faz lembrar de Jesus, a parte visível de luz que pode ser visto por nossos olhos nus.
Através do avanço tecnológico e da investigação, agora podemos ver os raios ultravioletas e, provavelmente, raios infravermelhos, isso me lembra o fato de que podemos ter o Espírito Santo pela Salvação, salvação parece ser o avanço tecnológico no Reino de obter a Deus pessoalmente.
O sol também é dividido em três partes; interior do Sol, a atmosfera solar, e a superfície visível (http://scied.ucar.edu/sun-regions ) Nós podemos ver um lado, eo resto não podemos ver.
Quando o Espírito Santo veio sobre os discípulos no dia de Pentecostes se dizia que era como um vento impetuoso, estou sempre lembrado do Espírito Santo sempre que há chuva e muito vento que acompanha a chuva.
Em sua última revelação, Ele Se revelou como o homem, sabemos em Gênesis 1:26 que somos feitos à imagem e semelhança de Deus. Nós todos concordamos que consistem em Espírito, alma e espírito.
O corpo é visível, a alma e o espírito não são. A alma conecta o corpo ao espírito, assim como o filho nos conecta com o Pai por meio do Espírito Santo que reside em nós.
Em conclusão, eu gostaria de trazer a nossa atenção para a história do dilúvio, é uma história muito interessante, o que aconteceu no final da história é que; Deus disse: Ele não vai destruir o mundo novamente pela inundação. Em seguida, um arco-íris foi usada como um sinal desta aliança. A ciência tem-nos ensiando que, o arco-íris é um fenômeno meteorológico que é causado por reflexão, refracção e dispersão da luz em gotas de água, resultando em um espectro de luz aparecendo no céu. Um arco-íris se formou por causa do homem, mas necessita de luz e água. Além do seu significado óbvio, eu olhar para o arco-íris pensar que Deus revelou a Sua glória através da água e de luz ou nuvem e fogo, para que possamos ver Sua beleza. É, portanto, uma coincidência que Deus revelou a Sua glória através destes três criações? Romanos 1:20, que é o verso âncora desta série, diz-nos que não temos desculpa se não ver essas coisas. Pessoalmente, acho que Deus tem feito mais do que suficiente para revelar a nós e cabe a nós para abrir nossos olhos para ver sua grandiosidade. Todo louvor a Deus através da ajuda do Espírito Santo para utilizar a ignorância da ciência para revelar estas verdades.

Traduzido por Milton@christidentity

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s